O que aprendi aos 20 anos


Depois de passar todo o mês de Junho remoendo a proximidade dos meus 21 anos, o dia dois de Julho chegou como outro qualquer, com uma chuva serena dando boas vindas a essa nova fase que nem sei como chegou e já tá passando tão depressa, me deixando mais assustada ainda. Agora, oficialmente adulta (mesmo sem se sentir uma), escrevo esse post para vocês, ainda sem saber ao certo o que dizer.

Sempre tive medo da idade, não de envelhecer, mas do que vem com ela: "ainda tá solteira? cuida, se não fica pra titia", "não tá trabalhando? quando o pai sustenta é bom demais", "tá pensando em fazer outra faculdade? não vai abandonar essa não, começou tem que terminar" entre outros julgamentos que vem quando os números aumentam que te fazem lembrar a beleza que é não conseguir alcançar a prateleira de cima ou andar no banco da frente do carro.

Estamos todos cercados de pessoas demais, com ideias demais e julgamentos demais, mas não tem uma única pessoa que queira se sentar contigo e ao menos tentar de entender. Talvez essa pessoa nunca vá existir, ou talvez ela seja aquela vozinha na sua cabeça que mesmo com tudo ao teu lado caindo aos pedaços ela insiste em dizer que tudo vai ficar bem.

Não sei o que me aguarda nesse novo ano que está adentrando sem nem ao menos ter sido convidado, e já está no sofá mandando no controle remoto. O que sei nesse momento é que felizmente a vida, por mais dura que seja comigo, tem me ensinado coisas belas e me transformado em uma pessoa melhor. Resolvi fazer uma listinha e mostrar para vocês o que aprendi até os meus 20 anos:

💜 Tudo o que acontece, por pior que possa parecer no momento, você percebera que será para o seu próprio bem.
💜 Melhor você está sozinha do que está mal acompanhada.
💜 Amizades vem e vão, muitas vezes é melhor deixar elas irem.
💜 Uma pessoa quando está realmente interessada em você não vai fazer joguinhos, muito pelo contrário.
💜 Você não deve ficar com uma pessoa só porque ela está interessada em você, sem que você sinta o mesmo por ela.
💜 Ainda existe pessoas boas no mundo, e muitas vezes elas são aquelas que você menos imagina.
💜 Querer fazer uma pessoa pagar o que fez contigo é perda de tempo.
💜 Se aceitar como é, com todas as estranhezas que Deus te fez, é a chave para viver melhor e com a mente mais tranquila.
💜 Ter um hobby é fundamental para a sua saúde mental.
💜 Não fazer algo por medo do que as pessoas vão dizer é a coisa mais estupida dessa vida.
💜 Se você quer parar de fazer algo, mesmo que as pessoas digam o contrário, pare. Respeitar os seus limites e suas vontades é a coisa mais importante que você pode fazer por si mesmo.
💜 Se amar e se por em primeiro lugar não tem nada de errado, não te faz egoísta nem nada parecido, apenas te faz diferente de um montão de pessoas (e mais feliz que elas).
💜 Nunca, nunca mesmo, deixe de fazer algo que quer muito por causa de uma pessoa. Pessoas vão e vem, seus desejos e vontades, não.
💜 Quando uma pessoa te ama de verdade, ela não vai querer te mudar, ela vai te aceitar da exata forma que você é.
💜 Você só vai querer por perto pessoas que te amem de verdade.
💜 Tente, ao máximo, não ser grosso com alguém, as vezes a outra pessoa está em um dia ruim e você pode ser a chance de melhorar um pouco.
💜 Nunca julgue a atitude de ninguém, a maioria delas teve um motivo (e às vezes ele é maior que o seu).
💜 Ser simples é a melhor coisa que você pode ser nessa vida.
💜 Poder ficar em paz e conversar consigo mesmo, tentando entender o que está acontecendo e o que você realmente quer, pode ser uma terapia e tanto.
💜 Ter medo de algo está tudo bem, na verdade, isso te faz mais humano.

E isso é um pouco do que queria compartilhar por aqui com vocês. Uma nova aventura está se iniciando em minha vida e espero que me ensine coisas mais belas e melhores.

Até mais :*

Fotografia de bolso: um pouco de mim

Uma das coisas que quero trazer muito aqui para o blog são fotos. Não sou fotografa, apenas amo apontar o celular nas coisas e ver o que saí. Peguei essas do meu instagram e achei bacana compartilhar com vocês, assim me conhecem melhor.

Em fevereiro desse ano eu e minha família fomos ao Olho D'água do Pajé e tenho que confessar que me apaixonei pelo lugar, serio. Parece um pequeno deserto e é a coisa mais calma que existe, tirando as cobras que moram lá, hahaha.

Amo fotografar estradas, essa eu tirei quando o inverno começou aqui, lá para maio ou abril. Tínhamos ido a uma cidade aqui perto resolver um probleminhas com meu irmão, como não recuso uma volta, me vesti e fui junto.

Sou apaixonada por livros, mas confesso que essa série está me rendendo, deste 2013 que tento terminar e ainda tô no terceiro livro, será que termino ainda esse ano?

Comecei a criar esse gatinho sapeca. O nome dele é Osk e quem escolheu foi meu pai, ele é uma figura e não tem como não amar.

Das fotografias da vida, amo luzes a noite. Fomos visitar meu irmão na cidade vizinha e lá tinha um parque, não fomos nele, mas não resisti quando o vi brilhando.

Ainda na série visitando o meu irmão: a gatinha branca é da vizinha, mas vive entrando na casa dele, porém agora ela arrumou um namoradinho e deu gelo em todo mundo, hahaha.


Beijinhos e espero que tenham gostado :*

Dez livros para ler ainda esse ano


Não escondo de ninguém que amo um bom livro, amo de paixão. Já me aventurei muito em leituras, principalmente quando estava no ensino médio (que foi quando entrei de cabeça no mundo literário e descobri minha paixão pela escrita), já li muito livro bom e abandonei outros pela metade. Pensando em todos os bons que li, vim aqui indicar dez livros para você ler ainda esse ano.

O segredo do meu marido - Liane Moriarty

Sinopse: Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta que deve ser aberta apenas quando ele morrer. Imagine também que essa carta revela seu pior e mais profundo segredo — algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você encontra essa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo...
Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar da pequena comunidade em que vive, uma esposa e mãe dedicada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia — ou uma à outra —, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela.Compre aqui



Estação Onze - Emily ST. John Mandel

Sinopse: Certa noite, o famoso ator Arthur Leander tem um ataque cardíaco no palco, durante a apresentação de Rei Lear. Jeevan Chaudhary, um paparazzo com treinamento em primeiros socorros, está na plateia e vai em seu auxílio. A atriz mirim Kirsten Raymonde observa horrorizada a tentativa de ressuscitação cardiopulmonar enquanto as cortinas se fecham, mas o ator já está morto. Nessa mesma noite, enquanto Jeevan volta para casa, uma terrível gripe começa a se espalhar. Os hospitais estão lotados, e pela janela do apartamento em que se refugiou com o irmão, Jeevan vê os carros bloquearem a estrada, tiros serem disparados e a vida se desintegrar.
Quase vinte anos depois, Kirsten é uma atriz na Sinfonia Itinerante. Com a pequena trupe de artistas, ela viaja pelos assentamentos do mundo pós-calamidade, apresentando peças de Shakespeare e números musicais para as comunidades de sobreviventes.
Abarcando décadas, a narrativa vai e volta no tempo para descrever a vida antes e depois da pandemia. Enquanto Arthur se apaixona e desapaixona, enquanto Jeevan ouve os locutores dizerem boa-noite pela última vez e enquanto Kirsten é enredada por um suposto profeta, as reviravoltas do destino conectarão todos eles. Impressionante, único e comovente, Estação Onze reflete sobre arte, fama e efemeridade, e sobre como os relacionamentos nos ajudam a superar tudo, até mesmo o fim do mundo.
Compre aqui


Não conte a ninguém - Harlan Coben

Sinopse: Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer. O caso volta à tona quando a polícia encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter siso enviado por sua esposa. Esses novos fatos fazem ressurgir inúmeras perguntas sem resposta: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?
Compre aqui


Mate-me quando quiser - Anita Deak

Sinopse: Decidindo que sua vida deveria chegar ao fim, mas sem coragem de cometer suicídio, uma mulher contrata Soares, um matador de aluguel. Resolve que sua morte acontecerá na bela cidade de Barcelona, e para isso envia ao seu futuro algoz a passagem de avião e o endereço de onde ficará na Espanha. Ele deverá matá-la no prazo de quatro meses, quando for mais conveniente. Junto com o pagamento, manda também uma foto sua, para que ele saiba quem ela é. Mas ela não quer saber como é a aparência de seu matador. O destino, porém, nem sempre cumpre à risca os planos que costumamos traçar para ele. 
Compre aqui


A Seleção - Kiera Cass

Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.
Compre aqui


Três coisas sobre você - Julie Buxbaum

Sinopse: “Como eu adoraria ter escrito este livro! O texto de Julie Buxbaum é leve, irônico, ácido, esperto, engraçado, preciso e deliciosamente irresistível. De tão envolvente e despretensiosa, a história de Jessie (e sua vida numa escola nova e numa cidade nova, beeeem longe da sua) é como um ímã para os olhos: simplesmente não dá para parar de ler.” – Thalita Rebouças, autora de Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática “Este é um daqueles livros que você sempre quis ler. Não é só mais uma comédia adolescente, mas uma história sobre pessoas, mudanças, amizade, família, tatuagens não feitas, segredos e waffles. É uma jornada fascinante sobre crescer e transformar relacionamentos em poesia, não importa quem você seja.” – Babi Dewet, autora de Sábado à noite Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.
Compre aqui 


A Geografia de nós dois - Jennifer E. Smith

Sinopse: Lucy mora no vigésimo quarto andar. Owen, no subsolo... E é a meio caminho que ambos se encontram — presos em um elevador, entre dois pisos de um prédio de luxo em Nova York. A cidade está às escuras graças a um blecaute. E entre sorvetes derretidos, caos no trânsito, estrelas e confissões, eles descobrem muitas coisas em comum. Mas logo a geografia os separa. E somos convidados a refletir... Onde mora o amor? E pode esse sentimento resistir à distância? Em “A Geografia de Nós Dois”, Jennifer E. Smith cria tramas cheias de experiências, filosofia e verdade.
Compre aqui


Marina - Carlos Ruiz Zafon

Sinopse: Na Barcelona dos anos 1980, o menino Óscar Drai, um solitário aluno de internato, conhece Marina, uma jovem misteriosa que vive num casarão com o pai idoso. Em passeios pela cidade, os dois presenciam uma cena estranha num cemitério e se envolvem na resolução de um mistério que remonta aos anos 1940. Numa tentativa inútil de escapar da própria memória, Oscar abandona sua cidade. Acreditava que, colocando-se a uma distância segura, as vozes do passado se calariam. Quinze anos mais tarde, ele regressa à cidade para exorcizar seus fantasmas e enfrentar suas lembranças - a macabra aventura que marcou sua juventude, o terror e a loucura que cercaram a história de amor.
Compre aqui


Anexos - Rainbow Rowell

Sinopse: Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas.
Enquanto isso, Lincoln O’Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho – ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser “agente de segurança da internet”, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers – e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonado por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria...?Compre aqui


Cidades de papel - John Green

Sinopse: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.Compre aqui

Já leram algum livro dessa lista? O que acharam?

Uma aventura em Olho D'água do Pajé


Em Janeiro fomos numa pequena aventura no Olho D'água do Pajé. O pequeno lugar pertence a prefeitura de Sobral, e embora eles tenham tentado privatizar, não deu muito certo. Confesso que preferiria o lugar privatizado, seria uma boa ficar lá apenas com a família já que o lugar é bem pequenino.


Dentro dessa casinha aí tem duas piscinas naturais, uma em temperatura ambiente e outra mais quente e com cheiro de enxofre, acreditam que essa cura doenças e dores nos ossos. Essas duas piscinas se interligam e vão para aquelas maior ali fora. Queria ter fotografado lá melhor, mas como tinha algumas pessoas acabei ficando com vergonha.

A origem da água ainda é um mistério, ela vem do subsolo e fica lá nas piscinas,  já veio vários estudiosos tentarem descobrir a origem dela, mas até hoje ainda não se tem nada. A casinha foi construída há algum tempo pelos moradores de lá, antigamente algumas mulheres usavam as piscinas naturais para lavarem roupas, então para elas e os turistas não ficarem no sol, acabaram construindo essa casinha como abrigo.


Fomos lá conhecer o lugar (já que a única pessoa que o conhecia era meu tio) e também fomos atrás de uma coroa-de-frade para o meu avô, mas quando chegamos lá só tinhas essa outra especie de cacto, que no momento o nome me falha na memória.

Lá é bem bonitinho, é como se fosse um mini deserto, fiquei completamente apaixonada.


Lá tem várias cobras, mas como são acostumadas com as pessoas sempre andando por lá, elas nem ligam, fui morrendo de medo de ver uma, mas quando cheguei lá a minha preocupação maior estava sendo não pisar num cacto desse, não dava nenhum passo sem ter certeza de onde estava andando hahaha.


Esse lugarzinho aí é um pouco mais fundo que o resto do local, meu tio disse que quando o inverno fica bom aí fica cheio de água, como um pequeno lago ou piscina. Já é o segundo local que quero ir quando o inverno estiver acabando (o primeiro é o Lago Seco que fica entre as prais de Camocim e Maceió, ele só enche no inverno e fiquei morta de curiosidade para ver como fica).


Lá tem um montão de pedras e a gente acabou subindo em algumas para tirar fotos (se não for com mulecagem eu nem vou hahahaha). Esse na foto é meu pai.


Depois eu criei coragem para subir na pedra (que nem era tão alta assim), mas o meu medo maior estava em descer.


Esse é uma pequenina que fica ao pé da maior que subimos nas fotos acima.


Aqui é a piscina externa (essa da foto é meu pai). Eu só tirei a foto desse lado, sem pegar ela inteira, pois como falei, tinha várias pessoas lá e eles ficaram olhando pra nós e eu morrendo de vergonha.


Essa é uma imagem que mostra a casinha melhor, na próxima a gente vai bem cedo só para garantir ficar de molho um pouquinho lá hahaha.


Hey, you!


Hey, tudo bem do desse lado aí?

Perdi as contas de quantas vezes escrevi primeiros posts, e já escrevi um com esse mesmo começo, e acho que vou escreve um montão ainda, mas por agora esse tá bom. O que aprendi escrevendo primeiros posts? Sou péssima me descrevendo, então vou contar o que vocês precisam saber no momento.

Meu nome é Renata e estou prestes a fazer 21 anos, falta pouco mais de dois anos para terminar a faculdade de Administração de Empresas, e faz uns três anos que sempre prometo que vou voltar para a academia, mas ainda estou passando a maior parte do tempo sentada. Comecei a criar um gatinho que meu pai nomeou de Osk, e ele é a criatura mais danada desse mundo, sério. Também comecei uma plataforma no Wattpad, onde vou liberar algumas coisas que escrevo e você pode conhecer clicando aqui. Sou do signo de câncer com ascendente em touro, embora não acredite nessas coisas, amo ler sobre. Ok, eu amo ler sobre coisas "estranhas", cultura, religião e lendas. Meus livros preferidos estão na linha suspense/mistério/ficção, embora eu não abra mão de um bom romance. E isso é tudo que consigo me lembrar agora.

Sejam bem vindos a esse cantinho, espero que gostem de passar um pouco do tempo de vocês por aqui. Beijinhos :*

Você pode saber um pouco mais de mim por aqui:
Instagram  💜 Twitter 💜  Facebook  💜 Wattpad